24/10/19

 

Caros participantes do AERUS da VARIG e TRANSBRASIL, aposentados, pensionista e não assistidos “ativos”, em razão da proximidade do dia 28 de outubro, próximo dia do julgamento da análise do mérito a ser feita pela sexta turma do STF, gostaria de externar nossos pensamentos a respeito no sentido de entendermos o que foi construído pelo nosso advogado, Dr. OTAVIO Neves, e pelo nosso grupo de trabalho já conhecido, Elnio Borges e Thomaz Raposo.

Todas as decisões importantes do processo foram encadeadas de forma a uma melhor visualização pelo desembargador, relembrando assim questionamentos e suas decisões a respeito.

O grupo decidiu fazer uma demonstração dos fatos com documentos gerados pelo AERUS, Recuperação Judicial, demonstração da forma como tratamos as informações e apontando também as falhas existentes na petição da AGU em razão de falsa informação prestada pela PREVIC através de uma nota de número 57 da diretoria de fiscalização, indicando, com isto, mais uma falha daquela autarquia na fiscalização dos dados que já deveriam ser do seu conhecimento.

Em razão da petição da APRUS ser uma peça de excelente qualidade e teor inquestionável, obtivemos um parecer favorável, permitindo uma análise mais rápida com a facilitação dos trabalhos a serem feitos pelos desembargadores.

Nos permitimos dizer que aguardamos a análise do mérito com a ansiedade natural, mas com a certeza de que cumprimos no nosso estatuto na defesa dos nossos interesses, lembrando ainda que lá constam e foram comentadas por nós os sofrimentos que os não assistidos passam até o dia de hoje e que podem ser solucionados com facilidade.

Como somente temos algumas cabeças, informamos que em paralelo já comecei a solicitar ao AERUS informações dos diversos planos e suas situações existentes para verificar possíveis soluções, e peço que procurem entender que os planos VARIG e TRANSBRASIL deram a possiblidade das soluções que virão.

Aguardemos assim que sob a proteção do SENHOR e de São Judas Tadeu o dia 28 represente para todos a paz que tanto desejamos em nossas vidas.

Thomaz Raposo APRUS