Caros associados,

participantes e beneficiários do AERUS , bom dia.

Assumi a presidência executiva da APRUS em 2011, e venho apresentando resultados, que acredito, serem satisfatórios, dentro da conjuntura que vivíamos no passado e, também agora no presente.

É do conhecimento de todos, os nossos trabalhos, apresentados em sua maioria,em nosso site: www.aprus.com.br ,onde são demonstradas, todas nossas tratativas, decisões e resultados para equação dos problemas relativos ao AERUS.

Como é natural, diretamente proporcional à obtenção de êxitos e vitorias, alcançadas na busca de soluções, surgem aqueles que, por razões adversas, tentam esvaziar, diminuir ou depreciar nosso trabalho.

Esse pequeno grupo, sempre aparece para criticar, mas nunca de forma construtiva e, buscar conflito com a diretoria da APRUS.

Até então, não existia da nossa parte, situações desagradáveis, alimentadas por conhecidos mas, agora, colegas e, pasmem, pensionistas, devidamente orientados, por fake news, falam mal ou opinam, contrariamente aos nossos projetos, deixando intuir que, nossos projetos atrapalham, de alguma forma, seus "INTERESSES", certamente divergentes, dos nosso.

Conseguimos, por exemplo, a inclusão dos ativos para, o status de, aposentados do AERUS.

Os propósitos da APRUS são claros e, já foram divulgados em vídeos , transmitidos pela minha pessoa e são no intuíto de:

- Buscar o pagamento, para aqueles que tiveram um menor tempo de atuação na VARIG e, fazer cumprir o regulamento, para aqueles que tiverem uma reserva matemática inadequada, para folha de pagamento, tudo em consonância ao regulamento

-Normalização dos valores, hoje pagos, aos novos aposentados , através de uma estratégia judicial, já em andamento pela APRUS;

-Dar tratamento aos casos pontuais de quirografários, que no entendimento da APRUS, foram surpreendidos, na sua decisão de deixar de contribuir, por ocasião da migração para o plano II e "outros";

-Buscar, junto à AGU e, Secretária da Fazenda, as soluções para os questionamentos às informações transmitidas, oficialmente ao governo, para a necessária intervenção ,da fraudulenta e ilegal, falência da VARIG. "PASMEM, ATÉ HOJE, NENHUM FUNCIONÁRIO DA VARIG, FOI PAGO POR ESTA FALÊNCIA FRAUDULENTA NO QUE DIZ RESPEITO ÀS RECISÕES TRABALHISTAS"! Fato este, amplamente demonstrado, na CPI da ALERJ por escrito, publicada em diário oficial e, gravada em vídeo , cujo escopo favoreceria bastante aos credores e, ao próprio BRASIL.

Meus caros participantes e aposentados, agora no meio dos trabalhos, ainda tenho que lidar com outro grupo que, na surdina, pode com seus pensamentos, dar ao governo as, condições de colocar em dúvida, aquilo que está sendo pago e, com isto até parar os pagamentos.

Isso é justamente tudo, que em um momento de decisão, o governo quer, e o que também me preocupa é, este trabalho feito na surdina em paralelo aos trabalhos da APRUS.

Observem o e-mail recebido por associados e seu estranho desfecho;

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A primeira parte da nossa Perícia Atuarial está concluída, comparando uma amostragem de valores que têm sido depositados com os Benefícios a serem pagos pelo Aerus conforme determinado pela Tutela Antecipada. Como adiantado, esta amostragem resulta de dados encaminhados aos nossos atuários de forma despersonalizada impossibilitando identificar os Participantes relacionados.

Este resultado inicial da Perícia comprova que todos os benefícios estão sendo pagos significativamente abaixo do valor devido.

Isto se aplica a todos os Participantes Ativos dos Planos I e II da Varig, mesmo você não tendo enviado todas as informações solicitadas ou começado a receber seus pagamentos pelo Aerus.

E no seu caso específico (mulher, abaixo de 55 anos, sem Info x beneficiário), o prejuízo cientificamente apurado se encontra no quadro a seguir:

Análise Atuarial dos Pagamentos

Prejuízo Mínimo

Prejuízo Médio

Prejuízo Máximo

28%

41.134%

64%

Tais referencias refletem os valores pagos pelo Aerus aos Participantes Ativos para sua faixa de benefício, frente à decisão judicial impondo as regras vigentes às vésperas da Liquidação; adotando-se a data de cálculo aparentemente utilizada pelo Liquidante.

A Fase Intermediária, já bastante adiantada, permitirá informar aos participantes do nosso grupo que tiverem enviado todas as informações requeridas maiores detalhes sobre cada situação pessoal. Em breve entraremos em contato com cada um, para que todos possam se beneficiar desta oportunidade.

Além disso, com os resultados da Fase Intermediária, todos os que tiverem participado com as respostas necessárias serão convidados a participar de uma LIVE com a presença do Perito Coordenador de nossa Equipe Atuarial. Nesta oportunidade será possível aprofundar informações sobre os cálculos e as possibilidades de recuperar os prejuízos individuais sem afetar o valor que já esteja sendo pago.

Em complemento, nesta LIVE tiraremos dúvidas sobre nossos próximos passos e receberemos sugestões para novos encaminhamentos.

Atenciosamente,

Angela Arend / Luiz Motta

CONFIDENCIAL

Não repasse suas informações para ninguém. Um e-mail ou um whatsapp, depois que sai da sua máquina, pode tomar destinos os mais variados (mesmo sem querer). Existem pessoas que, há anos, vêm nos prejudicando. Não as alimente com informações suas!

Se quiser ajudar colegas de confiança, limite-se a informar verbalmente fatos genéricos que você conheça. Quaisquer dúvidas ou interesse, sugira que nos procurem. Todos serão atendidos como você, com o mesmo resultado, sem risco de vazamentos!

Nós atendemos à todos os colegas, sem distinção e independente do que já possa ter sido dito ou defendido no passado. Fazemos isso preservando a privacidade de seus dados; e sem adiantar informações que possam prejudicá-lo se mal utilizadas.

Nosso Propósito É Recuperar Todos os Nossos Direitos Trabalhistas e Previdenciários!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Observem ainda que o trabalho deste grupo RECONHECE de forma clara esta maldita massa falida, ou falência fraudulenta, indo atrás de migalhas que lhes são repassadas para saciar seus desejos.

Não preciso dizer que são seus integrantes, que trabalham com outros interesses. O Sr. Luiz Motta já foi desligado da APRUS, e a Sra Angela Arend seguirá o mesmo caminho por estar em desacordo com os interesses da APRUS. Nada preciso falar do terceiro participante deste grupo, que somente provoca com seus atos a discórdia em prol dos seus interesses.

Casos as ações, criadas por este grupo,causem quaisquer problemas aos aposentados e novos aposententados, a APRUS, tomará as providências cabíveis à todos os integrantes destes grupos.

Thomaz Raposo

Presidente da APRUS

Caros associados,

participantes e beneficiários do AERUS , bom dia.

Assumi a presidência executiva da APRUS em 2011, e venho apresentando resultados, que acredito, serem satisfatórios, dentro da conjuntura que vivíamos no passado e, também agora no presente.

É do conhecimento de todos, os nossos trabalhos, apresentados em sua maioria,em nosso site: www.aprus.com.br ,onde são demonstradas, todas nossas tratativas, decisões e resultados para equação dos problemas relativos ao AERUS.

Como é natural, diretamente proporcional à obtenção de êxitos e vitorias, alcançadas na busca de soluções, surgem aqueles que, por razões adversas, tentam esvaziar, diminuir ou depreciar nosso trabalho.

Esse pequeno grupo, sempre aparece para criticar, mas nunca de forma construtiva e, buscar conflito com a diretoria da APRUS.

Até então, não existia da nossa parte, situações desagradáveis, alimentadas por conhecidos mas, agora, colegas e, pasmem, pensionistas, devidamente orientados, por fake news, falam mal ou opinam, contrariamente aos nossos projetos, deixando intuir que, nossos projetos atrapalham, de alguma forma, seus "INTERESSES", certamente divergentes, dos nosso.

Conseguimos, por exemplo, a inclusão dos ativos para, o status de, aposentados do AERUS.

Os propósitos da APRUS são claros e, já foram divulgados em vídeos , transmitidos pela minha pessoa e são no intuíto de:

- Buscar o pagamento, para aqueles que tiveram um menor tempo de atuação na VARIG e, fazer cumprir o regulamento, para aqueles que tiverem uma reserva matemática inadequada, para folha de pagamento, tudo em consonância ao regulamento

-Normalização dos valores, hoje pagos, aos novos aposentados , através de uma estratégia judicial, já em andamento pela APRUS;

-Dar tratamento aos casos pontuais de quirografários, que no entendimento da APRUS, foram surpreendidos, na sua decisão de deixar de contribuir, por ocasião da migração para o plano II e "outros";

-Buscar, junto à AGU e, Secretária da Fazenda, as soluções para os questionamentos às informações transmitidas, oficialmente ao governo, para a necessária intervenção ,da fraudulenta e ilegal, falência da VARIG. "PASMEM, ATÉ HOJE, NENHUM FUNCIONÁRIO DA VARIG, FOI PAGO POR ESTA FALÊNCIA FRAUDULENTA NO QUE DIZ RESPEITO ÀS RECISÕES TRABALHISTAS"! Fato este, amplamente demonstrado, na CPI da ALERJ por escrito, publicada em diário oficial e, gravada em vídeo , cujo escopo favoreceria bastante aos credores e, ao próprio BRASIL.

Meus caros participantes e aposentados, agora no meio dos trabalhos, ainda tenho que lidar com outro grupo que, na surdina, pode com seus pensamentos, dar ao governo as, condições de colocar em dúvida, aquilo que está sendo pago e, com isto até parar os pagamentos.

Isso é justamente tudo, que em um momento de decisão, o governo quer, e o que também me preocupa é, este trabalho feito na surdina em paralelo aos trabalhos da APRUS.

Observem o e-mail recebido por associados e seu estranho desfecho;

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A primeira parte da nossa Perícia Atuarial está concluída, comparando uma amostragem de valores que têm sido depositados com os Benefícios a serem pagos pelo Aerus conforme determinado pela Tutela Antecipada. Como adiantado, esta amostragem resulta de dados encaminhados aos nossos atuários de forma despersonalizada impossibilitando identificar os Participantes relacionados.

Este resultado inicial da Perícia comprova que todos os benefícios estão sendo pagos significativamente abaixo do valor devido.

Isto se aplica a todos os Participantes Ativos dos Planos I e II da Varig, mesmo você não tendo enviado todas as informações solicitadas ou começado a receber seus pagamentos pelo Aerus.

E no seu caso específico (mulher, abaixo de 55 anos, sem Info x beneficiário), o prejuízo cientificamente apurado se encontra no quadro a seguir:

Análise Atuarial dos Pagamentos

Prejuízo Mínimo

Prejuízo Médio

Prejuízo Máximo

28%

41.134%

64%

Tais referencias refletem os valores pagos pelo Aerus aos Participantes Ativos para sua faixa de benefício, frente à decisão judicial impondo as regras vigentes às vésperas da Liquidação; adotando-se a data de cálculo aparentemente utilizada pelo Liquidante.

A Fase Intermediária, já bastante adiantada, permitirá informar aos participantes do nosso grupo que tiverem enviado todas as informações requeridas maiores detalhes sobre cada situação pessoal. Em breve entraremos em contato com cada um, para que todos possam se beneficiar desta oportunidade.

Além disso, com os resultados da Fase Intermediária, todos os que tiverem participado com as respostas necessárias serão convidados a participar de uma LIVE com a presença do Perito Coordenador de nossa Equipe Atuarial. Nesta oportunidade será possível aprofundar informações sobre os cálculos e as possibilidades de recuperar os prejuízos individuais sem afetar o valor que já esteja sendo pago.

Em complemento, nesta LIVE tiraremos dúvidas sobre nossos próximos passos e receberemos sugestões para novos encaminhamentos.

Atenciosamente,

Angela Arend / Luiz Motta

CONFIDENCIAL

Não repasse suas informações para ninguém. Um e-mail ou um whatsapp, depois que sai da sua máquina, pode tomar destinos os mais variados (mesmo sem querer). Existem pessoas que, há anos, vêm nos prejudicando. Não as alimente com informações suas!

Se quiser ajudar colegas de confiança, limite-se a informar verbalmente fatos genéricos que você conheça. Quaisquer dúvidas ou interesse, sugira que nos procurem. Todos serão atendidos como você, com o mesmo resultado, sem risco de vazamentos!

Nós atendemos à todos os colegas, sem distinção e independente do que já possa ter sido dito ou defendido no passado. Fazemos isso preservando a privacidade de seus dados; e sem adiantar informações que possam prejudicá-lo se mal utilizadas.

Nosso Propósito É Recuperar Todos os Nossos Direitos Trabalhistas e Previdenciários!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Observem ainda que o trabalho deste grupo RECONHECE de forma clara esta maldita massa falida, ou falência fraudulenta, indo atrás de migalhas que lhes são repassadas para saciar seus desejos.

Não preciso dizer que são seus integrantes, que trabalham com outros interesses. O Sr. Luiz Motta já foi desligado da APRUS, e a Sra Angela Arend seguirá o mesmo caminho por estar em desacordo com os interesses da APRUS. Nada preciso falar do terceiro participante deste grupo, que somente provoca com seus atos a discórdia em prol dos seus interesses.

Casos as ações, criadas por este grupo,causem quaisquer problemas aos aposentados e novos aposententados, a APRUS, tomará as providências cabíveis à todos os integrantes destes grupos.

Thomaz Raposo

Presidente da APRUS

Indicação de Plano de Saúde Prevent Sênior (São Paulo/Rio de Janeiro)

 

A Prevent Senior é a operadora de saúde especialista em pessoas. E isso porque temos paixão pelo cuidar e sabemos que saúde é fundamental para realizar sonhos e desfrutar o melhor da vida.

Desde 1997, data da inauguração do primeiro hospital da rede, nossa história tem sido marcada por grandes desafios que resultaram no já comprovado sucesso de uma empresa que tem muito a acrescentar para a promoção da saúde no Brasil.

Na rede própria, composta pelos Hospitais e Prontos-Atendimentos Sancta Maggiore, Núcleos de Medicina Avançada e Diagnóstica e Núcleos especializados em Cardiologia, Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia / Traumatologia e Reabilitação, médicos de diversas especialidades e outros profissionais da saúde trabalham de forma integrada para que, sempre que precisar, você ou quem você ama tenham o melhor atendimento.

A operadora de saúde Prevent Senior também trabalha com ampla rede credenciada.

Quando o assunto é saúde para os mais vividos, lembre-se: a Prevent Senior é o primeiro e único plano de saúde pensado para o adulto.

 

prevent.jpg

Contato

Corretora Rosana : 13-98160-3800

 

https://preventsenior.com.br

10/12/2020

 

CONVÊNIO PLANO DE SAÚDE - LEVE SAÚDE

 

Mais do que nunca, vivemos um momento delicado nos cuidados com a saúde. A pandemia da COVID-19 mudou o mundo e a nossa forma de encará-lo. Atentos a isso, em observação a uma antiga e constante solicitação de nossos associados, e também após muitas conversas, a APRUS, através de seu Presidente Thomaz Raposo, teve o cuidado de conseguir fechar um convênio sem coparticipação, sem limite de idade e extensivo até o terceiro grau consanguíneo de parentesco. Hoje é muito difícil conseguir um plano de saúde com preço acessível e que atenda à terceira idade com a dignidade e atenção devidas. Assim, é com muita alegria apresentamos, a princípio para o nosso público do Rio de Janeiro, os Planos e condições especiais da LEVE SAÚDE exclusivamente aos associados da APRUS. Estamos em negociação para conseguir um plano em âmbito nacional.

 

CONTATO DO CORRETOR:

 

Robson Andrade (21) 99698-1109

 

Cadastro diretamente pelo link: CLIQUE AQUI

 

 

Clique nas imagens para uma melhor visualização. Preço abaixo para pessoas a partir de 59 anos de idade. Faixas etárias menores com preços reduzidos.

 

Leve Nova tabela Aprus (9).jpg
projeto leve saúde aprus_Easy-Resize.com.jpg

 

 

33ª ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

 

 

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

 

 

O Conselho Deliberativo da APRUS informa a todos os seus associados sobre a 33ª ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA a realizar-se no próximo dia 12 de agosto de 2020, no Salão do Clube Militar, situado à Avenida Rio Branco, 251/809, Centro, Rio de Janeiro, às 13:00 horas, em primeira convocação, em caráter de exceção com o número máximo permitido pelo auditório, respeitando o distanciamento social em virtude da pandemia da COVID-19. Solicitamos informar a presença para o controle de lotação.

 

ORDEM DO DIA

 

  1. Abertura a ser feita pelo Presidente do Conselho Deliberativo;
  2. Abertura da urna e apuração dos votos.
  3. Apresentar resumo das atividades desenvolvidas e situação financeira em 2019;
  4. Aprovar o relatório financeiro de 2019;
  5. Dar posse aos Membros eleitos do Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal para o triênio 2020/2023.

 

 

 

 

Rio de Janeiro, 30 de julho de 2020.

 

 

 

Orlando Oliveira da Gama

Presidente do Conselho Deliberativo

 

 

 

 

06/07/2020

 

Para um melhor atendimento aos nossos associados voltaremos a ter representantes nestas regiões que passarão a concentrar e atender as demandas das referidas áreas.

 Esclareço que estaremos orientando os referidos representantes dos procedimentos a serem seguidos no atendimento de dúvidas e solicitações de associação na APRUS.

 

Nosso representante em São Paulo será a Sra Angélica Oliveira que em breve receberá um telefone da operadora  vivo em nome da APRUS.   

 

Nosso representante  em  Recife continua a ser o Sr. Avanildo Maranhão que em breve receberá um telefone da operadora  vivo em nome da APRUS. 

 

Thomaz Raposo APRUS

 

 

03/07/2020

 

Tenho vergonha da cômoda posição de aposentados e pensionistas da VARIG, que só aparecem quando o medo bate as suas portas.

TOMEM conhecimento, que trabalho com a mesma vontade e persistência desde que entrei na VARIG e hoje, defendo o interesse de todos os nossos colegas sem nenhum outro interesse, pois na APRUS, só funcionários são remunerados com vínculo empregatício.

Gostaria de entender a razão e a falta de vontade destes aposentados e pensionistas, em participar da luta pelos nossos direitos.

Termino, escrevendo que lamento o FATO e imagino como estaríamos, se eu fosse como a maioria é.

Thomaz Raposo de Almeida Filho

 Presidente da APRUS

 

 

29/04/2020

 

Bom dia,

neste dia, 29 de abril de 2020, ao escutar a gravação da Sra. Graziella, me comunico com o objetivo de tranquilizar a todos quanto ao que está ocorrendo.

A mudança feita no governo em nada altera a situação hoje, onde no caso de assistidos e aposentados tanto a AGU como o Ministério Público já se manifestaram em nada interferindo mais no processo encaminhado pela APRUS. Interessante informar que no descrito pelo procurador da AGU ficou evidenciado que os valores nos quais eles tinham trabalhado eram dados estranhamente incompletos, tendo ele se utilizado de uma informação parcial feita pela PREVIC, e que facilmente ficou evidenciada pelas informações e farta documentação, inclusive dos direitos sobre a nossa garantia real (ex defasagem tarifária), entregues em mãos em reunião no gabinete da AGU para o próprio procurador que participou da reunião .

Temos uma nova petição de reclamação na qual esperamos lograr novo sucesso que envolve o pagamento proporcional dos não assistidos, considerados Ativos, e estes inclusive estão mencionados na decisão e ainda não estão sendo contemplados pelo AERUS.

Para os outros planos, lembro que na saída da VARIG para as outras empresas todos levaram suas reservas para cada fundo, e até 2009 continuaram a receber suas pensões enquanto todos da VARIG entravam em sofrimento a partir de 2006, devendo, se for o caso, estes fundos moverem uma nova ação, ou uma outra solução que poderia vir a ser adotada pela APRUS após a devida análise plano a plano.

TRANQUILIDADE COM A MUDANÇA OCORRIDA, POIS NÃO NOS AFETA E PODERÁ VIR A OCORRER MAIS UMA PETIÇÃO DA AGU NO CASO DE SUCESSO NO PAGAMENTO DOS SOFRIDOS ATIVOS, MAS O RESULTADO QUE IRÁ OCORRER JÁ NÃO NOS PREOCUPA, POIS ESTAMOS COM A RAZÃO E O NOSSO SENHOR AO NOSSO LADO.

 

Thomaz Raposo APRUS 

 

 

06/04/2020

 

***RETIFICANDO E-MAIL ENCAMINHADO HOJE, LEIA-SE "SEXTA TURMA DO TRF1"

 

Bom dia a todos aqueles que estão enclausurados por conta deste maldito novo Corona vírus que hoje tanto tememos.

 

A APRUS não parou, não irá parar, e seguimos trabalhando em um sistema de home office inteligentemente implementado inclusive pelo AERUS. Sendo assim, lembro que em 21/12 do ano passado encaminhei mensagem com o teor abaixo:

“Finalmente, somos TODOS PARTICIPANTES ou BENEFICIÁRIOS perante a Lei, e somos TODOS IGUAIS perante a vida e sofremos do mesmo modo antes da Tutela o que os Nossos Irmãos alijados dela hoje sofrem!  A eles temos que ajudar a sair do mesmo buraco em que estivemos com nossas famílias! É uma simples questão de Direito e Moral!”

Agora, proveito para comunicar que passadas as festas de fim de ano, recesso judiciário e carnaval, e em cumprimento ao dever sobre o sentimento acima exposto, no dia 13/03/2020, após aguardarmos e analisarmos os embargos do governo, decidimos  entrar com nova ação reclamatória (Reclamação) solicitando o pagamento aos não assistidos (ATIVOS) de seus benefícios indenizatórios proporcionais às suas reservas atuariais constantes inclusive na última decisão judicial que graças ao bom senso da Sexta Turma do TRF1 promoveu a continuidade dos nossos pagamentos e  fez vingar a real Justiça do nosso BRASIL.

Aguardemos então a decisão a ser proferida, e rezemos para que venha a ser breve para que pelo menos no AERUS tenhamos providências justas na reparação do mal que nos foi causado.

O processo em questão será disponibilizado nesse link

 

 

Thomaz Raposo APRUS

 

 

17/03/2020

 

Senhores Associados,

 

Obedecendo ao Decreto do Governador do Estado do Rio de Janeiro, pensando na saúde e bem estar dos nossos associados e funcionários, e também em consonância com a decisão do Clube Militar de não fazer reuniões e aglomerações nesse momento, estamos suspendendo temporariamente a realização da nossa 33ª ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA marcada para o dia 25 de março/2020.

 

Hoje, 17/03/2020, conforme previamente divulgado, encerraremos o recebimento dos votos para eleição dos membros dos conselhos deliberativo e fiscal do triênio 2020/2023. Dia 19/03/20, segue confirmada a abertura da urna, apuração e divulgação por e-mail dos nomes dos Conselheiros e Diretoria.

 

Assim que as autoridades da área da saúde concluírem pelo fim da pandemia do Corona vírus, remarcaremos uma nova data para nossa AGO, onde daremos posse ao grupo eleito. Os relatórios a serem apreciados e aprovados na assembleia estarão antecipadamente disponíveis para consulta dos associados em nossa sede.

 

Como o tempo é curto para enviarmos correspondência pelo correio, solicitamos a todos ampla divulgação deste comunicado para que aqueles que não tenham e-mail possam tomar conhecimento.

 

Obrigado

 

Thomaz Raposo

Diretor Presidente da APRUS

 

 

09/03/2020

 

O BRASIL enfrenta um momento de enorme responsabilidade para com nosso futuro, pois buscou durante este primeiro ano de governo demonstrar ao que veio, no sentido da reeducação moral que deve ser trabalhada pelos mais velhos, em jovens que durante os últimos 30 anos aprenderam a ser espertos, oportunistas e receberam em suas mentes informações que basicamente buscaram destruir a educação moral que servia de base para o carácter, desconstruindo pouco a pouco a moral do nosso BRASIL, onde o estado invadiu o ambiente familiar, criando leis de confronto familiar, pois proibia inclusive a palmada corretiva de um pai ou mãe em seus filhos, possibilitando a denúncia de um filho à polícia contra seu próprio pai. Pergunto que regime é este.

O BRASIL precisa acordar também da responsabilidade sobre seus atos, o foco da doença maligna está em nossa CONSTITUIÇÃO, “elaborada por mentes corruptas e malignas” que mentiu desde seu início, ao lá constar que todos os brasileiros são iguais, quando permitiu que o presidente, ministros e outros tivessem uma proteção de foro privilegiado e não determinou de forma correta, o uso do dinheiro público, permitindo  mandos e desmandos por “poderes” que os utilizou em seu próprio benefício, pois chegam a determinar seus próprios salários com a concordância de um congresso e judiciário interessado.

Senhores, o BRASIL precisa aprender também a crescer, entendendo que necessitamos de um PAÍS que reconheça seus erros responsabilize e pague por eles, pois hoje com a desordem ainda existente provocada por esta infeliz CONSTITUIÇÃO, atos são cometidos por órgãos públicos que ao causar dano a população ou a empresas, passam a ser protegidos por um órgão governamental de nome AGU que tem como atribuição “passar a participar de defesas, mesmo que estas sejam de ilegalidades cometidas”, infelizmente eles apenas cumprem as normas e atribuições hoje existentes em nossas estruturas de trabalho.

Na matemática da vida pois tenho setenta e oito anos já completos e bem vividos, aprendi desde cedo a demonstrar os resultados dos objetivos que atingi e por isto de difícil contestação.

O relato a seguir pode ser comprovado nos sites de reunião com os Ministros da AGU onde estão definidas a razões e assuntos a serem tratados desde 2018 até 2020  desde a Ministra GRACE até o Ministro Mendonça, conforme escrevi documentado no site de reuniões com os referidos.

Sou presidente de uma ASSOCIAÇÃO chamada de APRUS Associação dos Participantes e Beneficiários do AERUS e levei em todas as reuniões material suficientemente técnico e legal (observem até de uma CPI da VARIG, documentada e gravada) para que a AGU cobrasse do Ministério Público e Polícia Federal, trabalhos que viessem a indenizar os prejuízos causados pelo governo anterior, nos seus assaltos objetivando a falência da VARIG, com o auxílio de marginais existentes fora e dentro do governo chegando inclusive a judiciário, isto tudo demonstrado por escrito e gravado nos filmes das seções da CPI ocorrida.

Nos dias de hoje me deparo com embargos de declaração onde determinado procurador da AGU defende mal feitos, apesar de ter tomado em uma das reuniões informações de que os dados que eram apresentados eram parciais, com claro objetivo de fugir a responsabilidade do BRASIL pelo seu vil ato.

 

Thomaz Raposo